Προμηθεύς

Retirem sua força

Retirem sua alma

O que sobra?

Como olhar

O que não se vê?

Como provar

O doce néctar da dor pungente

Manifesta na escravidão cotidiana

Dia a dia

Luto constante

 

Retirem braços

Retirem pernas

O que esperar?

Como suportar

O que não se sente?

Como sair

Do giro constante da roda viva

Maciça onda de energia pura

Dor

Infinitamente constante

 

Dez vezes zero

Zero vezes dez

 

Loucura (continuar por quê?)

Insensatez (persistir para quê?)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s