00101110

01

10110

00101110

O número Zero não tem valor; simboliza o nada (a palavra zero é derivada do árabe çifa, que significa vazio). Todavia, se refletirmos um pouco mais, constataremos que trata-se de um número paradoxal: multiplica por dez os números colocados à sua esquerda.
Seu formato remete ao uróbolo, a serpente (ou dragão) que morde a própria cauda, simbolizando a infinitude, o eterno retorno.
O Um simboliza o início, o princípio. É do Um que derivam todos os números, e todos os números podem ser reduzidos ao Um. Simboliza o homem em pé, ativo, forte, senhor de si; é símbolo fálico. No monoteísmo, simboliza o Deus único, absoluto.
O Zero e o Um podem ser início, mas também podem ser fim (o Um é algo; o Zero é algo que simboliza o nada. Não é o Nada, pois é um número; enfim, é alguma coisa).
Na modernidade, Zero e Um compõem toda a linguagem dos computadores, denominado código binário; portanto, o que você lê agora, caro leitor, resume-se em 0 e 1 …

00101110

10110

01

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s