Cotidiano constante

_ Ei! Como vai?

Virei-me. Quem é? Não me lembro. Aliás, lembro-me sim, vagamente, mas seu nome … não consigo me lembrar. Ela sorri. Não quero demonstrar que não lembro seu nome.

_ Olá! Nossa, há quanto tempo! O que tem feito?

Ela relata sua vida. Diz de seu casamento desfeito, de sua filha e de como ela cresceu. Eu escuto maquinalmente. Aliás, não escuto. Não penso nela. Minha mente está a quilômetros dali. Não consigo lembrar seu nome, e não me importo. Não me importo. Não me importo com ela, com sua filha, nem com sua vida. Nada disso me importa, nada me importa, só me importa sair dali e voltar a caminhar, pensando na minha própria vida, nos meus próprios problemas. Serei egoísta? Serei mau? Ora, não me importo. É tão simples para mim, essa minha disposição indisposta ao problema alheio. Serei egoísta ou mal por isso? Por não querer ouvir? Por não querer falar? Por querer estar só com meus pensamentos e comigo mesmo nessa fria manhã de novembro?

_ Ei! Você está me ouvindo?

_ Sim, claro, é claro que sim! Continue!

Ela continua. Me diz de sua solidão. Solidão. Ora, saberia ela o que é solidão? Estar só, não ter ninguém para te ouvir, não ter ninguém com quem falar. Ela não sabe o que é solidão. Ela não sabe o que é ser solitário. Mas ela continua. Eu já quase sinto náuseas por tanta auto-piedade, por tanta lamúria. Definitivamente, não quero mais ouvi-la, quero apenas sair dali. Porém ela não para de falar. E de repente, ela sorri. Eu sorrio também, apenas em retribuição. E junto com este sorriso vem também as lembranças. Lembranças a muito enterradas renovam-se e ressurgem com vigor. Meu Deus, quanto tempo. E como ela está diferente. Antigamente belíssima, agora castigada pelas intempéries do destino e do tempo. Ainda assim, há algo de belo em sua fisionomia. Em sua voz, em seu jeito. Seu cabelo continua belo, sua pele também mudou muito pouco. Seu corpo está mais cheio, talvez até mais vistoso do que antes. Ela me olha com seus belos olhos. Sorrimos novamente.

_ Perdão! Como é mesmo seu nome?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s