Caminho em direção ao mar

Caminho em direção ao mar

 

Vislumbro o horizonte

Vislumbro o infinito

Vislumbro a imensidão

Vislumbro, e penso na beleza da criação divina.

 

Um vento frio passa por mim

 

Estou só, mas não me sinto solitário

 

Estou em contato com o horizonte

Estou em contato com o infinito e com a imensidão.

Estou mesclado à areia, ao mar e ao vento.

 

Sou parte do imenso quadro pintado por Deus.

 

Penso sim, penso muito,

Tenho o horizonte, o infinito e a imensidão dentro de mim.

O sopro divino move-se em mim.

Ele me liga a Deus e a sua criação

Faço parte dela, estou nela, vivo nela, sou ela.

 

De repente, um martim-pescador mergulha no mar

E emerge parecendo não ter pescado nada, exceto

Um sorriso meu.

 

Satisfeito, levanto-me e vou embora.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s