Amadeo de Souza-Cardozo

Morrer jovem (30 anos). Gênio, genial, artista em proeminência e em crescimento. Inovador, moderno. Esquecido pelo tempo, alcança reconhecimento tardio. Sua obra hoje alcança status merecido, de vanguardista, ao expor e criar uma obra intensa de fulgor, mistura de materiais e estilos, de luzes e recortes. Ser reconhecido: eternidade em morte.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s